quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Anónimos….

A just colocou num post uma frase:

«O amor não vê com os olhos, vê com a mente; por isso é alado, é cego e tão potente» Shakespeare

E teve um comentário de um ilustre anónimo… Que me cheira que será um homem qualquer que se cruzou comigo algures numa das esquinas da minha vida….

O Anónimo diz:

Não és bom exemplo...

Resposta da Just:

Mas quem é que tu pensas que és para achar o que quer que seja a meu respeito???

Não passas de um anónimo, alguém que não tem coragem para se identificar, mas sob a capa do anonimato entende que pode fazer juizos de valor.... És fraquinho tu!!!!! Que atitude mesquinha...

Enfim....

Vozes de burro não chegam ao céu!!!

Não curto anónimos, sobretudo porque não lhes podes dizer cara a cara meia dúzia de coisas que eles merecem ouvir!


E é só para dizer que quando amei, amei muito, larguei tudo sem olhar para trás (se fiz bem ou mal, já é outra conversa) e não admito a ninguém, sobretudo a pessoas que provavelmente têm dor de cotovelo que façam juízos de valor acerca dos meus sentimentos!

Se virei a página da minha vida onde provavelmente este anónimo se encontrava é porque não tinha de ser e não podemos obrigar ninguém a gostar de outra pessoa!

Se saí da tua vida é porque não eras homem para mim! E eu posso não saber o que quero, mas sei muito bem o que não quero! E agora podia enumerar aqui meia dúzia de coisas mas não sou mal educada!


Só para avisar que os comentários anónimos voltam a estar cancelados neste blog e desta vez para sempre!



2 comentários:

Walker Woman ツ disse...

acabar com a musica da romana foi a machadada final ;P

Just me disse...

É pá.... Não me lembrava de mais nenhuma música para fechar com chave de ouro!!!

Kiss