sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Todos os verões têm uma história.... Onde andará o Pedro Torres?

Todos os verões tinham uma história.... Uma melhor, outra pior, mas todos tinham....

A minha mãe no auge da minha adolescência teimava em relembrar-me a verdade que eu não queria aceitar. Dizia-me que os amores de verão ficavam enterrados na areia....

Ela tinha razão, mas o que é verdade é muitos verões só fizeram sentido por causa daqueles dias felizes, dos passeios de mão dada, do pôr do sol e dos beijos roubados algures no parque de campismo!

O nome dele era Pedro Torres, era do Porto e tinha um irmão que era o Sérgio.... Estava num grupo de amigos e eu com adolescente parva, achei que o Sérgio é que era giro, afinal de contas era o mais velho e eu tinha a mania.....

Quando me apercebi que o Pedro é que gostava de mim quase ia chegando tarde demais porque as férias de verão estavam quase a acabar.... Mas ainda fui a tempo e foi muito bom!

Era tão parva que no fim do verão eu enterrei aquele amor na areia quando não lhe respondi ao postal que me escreveu! Enfim!

Mas nunca se esquecem estas pequenas coisas que dão cor à vida, afinal de contas um beijo roubado na hora certa pode fazer toda a diferença!

Boas memórias de verões que já passaram e de dias felizes!




quarta-feira, 15 de julho de 2015

Cenas que me irritam...

Fico irritada quando tenho de esperar meia hora por uma porcaria de uma Coca-Cola porque o barman está a preparar copos de Gin!

Ele é o copo que tem de estar gelado, é uma porcaria qualquer para colocar a água tônica....

Aquele ritual todo tira-me do sério! Nunca se preocuparam com a água tônica.... Agora existem mil marcas adaptadas ao Gin, a sério? Porquê?

A malta quer Gin e está no seu direito, agora meia hora por causa de uma Coca-Cola tira-me do sério!

E depois a malta desfila de copo na mão à noite toda.... Desconfio que na maior parte dos casos o copo é sempre o mesmo. E aquele desfilar de copo é um bocado gay.... Mas adiante que eu não tenho nada contra quem ama alguém do mesmo género!

Pessoas que bebem Gin por favor cedam a vossa vez a uma desgraçada que só quer uma cola ou uma garrafa de água!

P.S. Também me irrita a moda do running e do cycling! Correr e anda numa bicicleta estática muda de nome para ter mais estilo....


terça-feira, 14 de julho de 2015

Meus filhos criados, trabalhos dobrados

Isto cá em casa não está fácil! Começamos a ter demasiados problemas de comunicação e a adolescência ainda nem chegou.

Ser mãe devia vir com manual de instruções! 

Agora que não preciso de fraldas, lanches e biberon tudo se complica! Agora que eu pensava que era maus fácil!

O pior de tudo isto é não ter com quem dividir estas angústias quando o silêncio se instala! De facto, esta experiência faz sentido a dois e se soubesse o que sei hoje... Estou como a Cuca Roseta, mas sem a fama e as curvas, isto é mesmo um barco para levar a dois! Mas até agora tenho conseguido gerir tudo mas começa a assustar-me o que aí vem!

Cada dia é uma vitória, mas educar alguém não é fácil!

Um dia de cada vez, hoje as respostas doeram, pode ser que amanhã já me tenha esquecido....

Não acredito, mas espero que sim!

Meu querido, se eu pudesse estarias sempre comigo, mas tu não és só meu! E o teu pai também merece estar contigo! 

Mesmo quando não é tudo como queres, mesmo que ouças um não, é porque te amo! Até debaixo de água!

Ele chegou para mudar a minha vida!

Só para avisar que a minha vida com um Roomba é muito mais feliz!

Muito mais!

Fantasmas do passado...

O facebook trás de novo à nossa vida pessoas  que julgava-mos ter perdido o rasto para sempre!

São nossos amigos "virtuais" neste momento mas em outros tempos, em vidas que parecem ser outras foram o nosso grande amor ou um amigo.....

Não me parece possível que algumas destas pessoas possam ter feito parte da minha vida e outras pergunto-me porque não ficaram, o que teria acontecido se tivéssemos tido tempo?

Não teria que ser assim, presumo eu.... As pessoas que ficam no nosso caminho e entram na nossa vida por algum motivo. Mas às vezes duvido desta frase feita, às vezes duvido até do destino. Qual seria o motivo para aparecer?

Estavamos em 1993...

E ele, que hoje é apenas um amigo virtual, convidou-me para sair. Mas era tudo muito complicado e eu era apenas uma miúda nunca chegámos a sair... Como teria sido? Porque o colocaram no meu caminho para depois desaparecer quase sem deixar rasto?

Convidou-me para sair e estava a dar o Chuva de Estrelas e o chão fugiu-me dos pés e eu fiquei sem ar e devo ter ficado toda vermelha, a sorte é que o bar era pouco iluminado.



Naquele dia não deu....

Se fosse agora, teria de ser possível, pelo menos para não ficar com esta duvida!

É estranho a quantidade de recordações que guardamos no peito.


São muito estranhas estas recordações, mas se nada aconteceu era porque não era para acontecer! Certo?

P.S. O meu passado persegue.me! LOLLLLLLL



sábado, 18 de abril de 2015

Tv Globo 50 anos

De repente um programa que está a dar na televisão levou-me a um passado que não conheci mas que me foi transmitido.

Eu nasci no ano da Gabriela.... Curiosamente e porque a minha mãe vomitava quando ouvia a música do genérico eu tenho outro nome. Aliás eu fui uma praga no ventre da minha mãe que a deixou enjoada durante nove meses. O mesmo me aconteceu a mim, parece uma maldição!

Cresci a ouvir que aquela música provocava enjoos e a música era horrorosa, mas eu até gosto muito da música.

Fui sempre assim demasiado ingênua, com princípios e educada para os que merecem e para alguns que não merecem mas não posso deixar ficar mal a minha mãe!

Eu nasci assim e vou ser sempre assim. Portanto também vou ser sempre uma parolona que adora novelas. Gosto de finais felizes onde os maus morrem ou vão presos e os com os bons fica sempre tudo bem.

Gostava que a vida pudesse ser assim com finais cheios de finais felizes para quem os merece e gostava que a vida fosse justa e que os maus pudessem ser castigados por cada maldade que praticaram. Sim já sei que nunca vai ser assim mas a minha costela ingénua não me larga.



Só à pouco tempo vi a novela na totalidade e agora percebo o escândalo da altura!

Se prepare que eu vou lhe usar!!!! MEDO!!!!

Enfim a vida devia ser como nas novelas os maus castigados e bons felizes para sempre.

Já tinha saudades de escrever, tenho de voltar aqui mais vezes.

Um beijo para quem me ama, dois para quem me odeia!!!!



 


domingo, 11 de janeiro de 2015

Mudou o ano....

Muda o ano e nada muda em nós.

Temos sempre a esperança que algo mude para melhor mas não fazemos nada para mudar.

O problema é de facto não saber o que fazer para mudar.

E mudar o quê?

O que será que me fará feliz? Ou será que já sou e não sei....

Ai senhor o que fazer?

Para já começou mal porque o meu filhote ficou doente, vamos ver como me vou portar eu...

Nem sempre tem sido fácil depois da operação e não consigo andar com os meus queridos saltos altos. Mas continuo a minha coleção....

E está aí o Carnaval não tarda muito e vou aproveitar para me divertir!!!!

Bom ano e tratem de ser felizes!

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Coimbra vs crise

O Coimbrashoping sempre foi sala de estudo dos estudantes mas nunca o vi como hoje. Ou nunca reparei por vir sempre fazer qualquer coisa sem perder muito tempo.

Dezenas de estudantes agarrados aos livros, mas de uma forma diferente da que sempre vi.

Os tupperware trazem o lanche, as garrafas de água já não são as do Mac ou de outro restaurante qualquer são todas da marca continente... O lanche e o almoço não se compram cá em cima, compra-se tudo no supermercado. Sem qualquer tipo de menosprezo para a marca que nos acompanha desde sempre.

As coisas mudam, a crise mudou ainda mais os hábitos desta cidade, pelo menos pelo pouco que vejo durante o dia! Não sei se durante a noite existe a mesma confusão que já existiu... Costumava arranjar-se sempre alguns trocos para a noite poupando no dia.

Estão todos sentados em grupos próximo das tomadas porque a bateria dos portáteis assim o exige e  a utilizar a internet que felizmente é gratuita por aqui.

O que um dia foi uma movimentada sala onde todos comiam e bebiam algo parece única e exclusivamente uma sala de estudo... Provavelmente as bibliotecas dos institutos aqui perto estão fechadas devidos a cortes.

Tudo muda, eu também mudei os meus hábitos, infelizmente a crise toca-nos a todos de alguma forma!

Como diria o outro na tv: tenho horror a pobre!!!

Eu também tenho horror a pobre, mas é mais aos pobres de espírito.

 


quarta-feira, 23 de abril de 2014

Páscoa

Domingo de Páscoa, o dia do ano pelo qual sempre sonhei o ano inteiro. Estar com os amigos de sempre no local de sempre.

Alguns do nosso grupo do pequeno almoço já partiram, mas alegro-me por sermos cada vez mais. A vida substitui-se à morte e renova a alegria daquele dia.

Somos menos 4 e esses que partiram estão guardados no nosso coração. Nesse dia, como em todos os outros que passam, são relembrados com muito carinho.

É o melhor pequeno almoço do ano. Não existe melhor refeição do que a que partilhamos com os que nos são queridos. Mas para mim é sempre um dia entre a alegria e a profunda tristeza.

Neste dia lembro-me mais da minha mãe e a saudade que é tramada, sempre a aumentar. Devia existir um medicamento para atenuar o efeito da saudade nos nossos corações.  A minha mãe adorava este dia e deixou-me este bichinho.

Não tomar o pequeno almoço com os meus amigos deixa-me doente... Aconteceu apenas um ano, em que as minhas hérnias me aborreceram tanto que não pude ir. Foi uma Páscoa estragada, fiquei só com a saudade e sem a alegria que aquele pequeno almoço os trás a todos.

Mas o melhor mesmo é estar com quem se gosta a partilhar um dia feliz. São momentos maravilhosos. Até para o ano e lá estaremos como sempre.

terça-feira, 15 de abril de 2014

Dor

A fibromialgia, fez-me sempre conviver com a dor. A dor continua e diária.

A porcaria das hérnias tornaram em pesadelo a dor.

Não sei explicar esta dor, não sei controlar. Sei que me dói e por vezes dói mesmo muito. E já sei quais são as drogas que a fazem passar mas dói muito.

Anos a lidar com uma dor continua e agora aparece esta ainda pior. Como será possível doer ainda mais do que as dores que tinha todos os dias e por vezes me levavam para a cama.

Esta dor, geralmente deixa-me na cama, prostrada. Acho que o facto de ela me dominar faz com que ainda me pareça pior. Mas dói!

O mais estúpido de tudo isto será o facto de se tornar incapacitante durante alguns períodos de tempo. E depois chegam os períodos de baixa por incapacidade.

E por consequencia as juntas medicas! A ultima foi a maior estupidez a que fui sujeita, foi a mesma pessoa que semanas antes me considerou apta e agora me disse que afinal estava doente!


Apeteceu-me bater-lhe, só porque não levei uma carta comigo era uma pessoa saudável, agora que levei uma carta que resume os outros relatórios passei a estar doente! Aquela senhora não pode ser normal, deve ser bipolar, só pode.

Resumindo, estou cansada disto!

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

As coisas que só me acontecem a mim

A minha hérnia pelos vistos era muito agarrada a mim.

Regressou ao local onde julgava que estava morta para sempre.

Eu sou uma rapariga de sorte que em que tudo o que me ama regressa a mim.

Mas eu já me tinha despedido dela com tanto carinho.....

Enfim só mim!

Hérnias 2 - 0 Just Me

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Dias sem fim

Estes dias em que te despedes de alguém que amas são dias sem fim!

Dias em que a dor te mata aos poucos por dentro!

A suadade é tão tramada, faz chorar o coração!

Engraçado que hoje só me lembro dos dias felizes.... E se fomos felizes! Ao menos isso...

Bora lá agarrar-me a isso para ganhar força para dizer até já.

Somos instantes.... É só isso que somos nesta vida!




quinta-feira, 21 de novembro de 2013

....


Até já grande cheff

Crescer é horrível, os dias passam e vais olhando para o lado e são cada vez menos os que amas. A vida é sempre a perder, nunca esta frase fez tanto sentido.

As lágrimas caem pelo meu rosto e nem sei o que pensar.

Só me pergunto porquê?

Mas tu já não vais responder, já não te vou ouvir mais e só sei que é uma dor que me rasga o peito.

Habituei-me desde muida a entrar na tua cozinha, naquele lugar que era o teu.

Assustava-me porque conversavas calmamente comigo enquanto cozinhavas, ralhava contigo com a inocência que só uma criança pode ter porque achava que tinhas de estar a olhar para o que fazias para não cortar os dedos. Que tonta que eu era. Anos de experiência uma série de cursos de cozinha ministrados e mesmo assim eu tinha medo que te pudesses magoar.

Não queria em situação alguma que algo de mal te pudesse acontecer e agora perdi-te.

Estou farta de perder os que amo, eu sei que não estou sózinha mas sinto-me cada vez mais só! Só queria perguntar-te porquê?

Mas tu já não respondes, nunca mais me respondes!

Tu que me conhecias da barriga, que tinhas calma suficente para fazer à minha mãe todos os mimos que se pode fazer a uma grávida que não pára de vomitar. E tu, sempre com muita calma perguntavas o que ela e eu queríamos comer... Já sabias que não ía ficar muito tempo no estômago mas fazias sempre o que lhe apetecia porque eu não podia passar fome. Já me mimavas na barriga da minha mãe.

Vou ter tantas saudades tuas!

Porquê?

Sabes gosto de ti! Vou gostar sempre!

E agora vem a porcaria da saudade que está sempre a aumentar e que infelizmente não traz ninguém de volta.

Tenho na minha boca uma confusão de sabores da  comida maravilhosa que fazias, uma dor no peito que mal me deixa respirar e só consigo perguntar-me porquê? 

Recuso-me a dizer-te adeus! Até já grande chefe! Gosto de ti, vou gostar sempre!





sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Chuva

Esta chuva deixa-me deprimida, precisava de sol para me animar a alma....

Eu bem que tento ser optimista mas isto não está fácil, dás um passo para a frente e dois para trás. Dias destes em que me levanto com dores para trabalhar e saio de casa ainda o dia não nasceu deixam-me completamente desorientada. E depois quando finalmente chega a hora em que acaba o calvário, chove torrencialmente e nem sequer se pode sair de casa....

Quando não e sentes bem tudo te atormenta....

Só se pensa em disparates! Tenho de voltar à terapia das manualidades.... preciso urgentemente do meu crochet para me sentir voltar a sentir bem!!!

Querido Pai Natal - 1

Meu querido pai natal, dizem que quem não pede deus não ouve....

Estás completamente á vontade para me deixar este presente no sapatinho...

E desde já informo que não tenho lareira por isso podes entrar pela chaminé à vontade e também te deixo a porta aberta se for preciso.


quarta-feira, 16 de outubro de 2013

O passar dos dias...

Todos os dias existem mudanças, o mundo é composto de mudança, já dizia a música do Zé Mário Branco....

Mas existem mudanças que nos deixam de mau humor e a pensar que devias ter estudado mais, ou que devias mesmo era ter emigrado como disse o outro.

Existiam dias de trabalho que eram de dias de prazer, mas esses tempos já lá vão e são recordados por mim com grande saudade. Tive dias de trabalhar 12 horas e não me custava tanto como me custa agora.

Estou farta da familia do Dr. Cunha, dos falsos amigos e por aí fora, tudo o que todos vemos à nossa volta todos os dias.

Cansada de injustiças e cansada de uma vida que em tempos me fazia feliz e me fazia ter muito prazer em ir trabalhar.

Hoje levanto-me para trabalhar e tomo o ansiolitico e o anti depressivo para ir para aquele lugar que só me faz mal mas que me dá o dinheiro para comer e pouco mais.

Sinto-me cansada e desmotivada, mas isso nada interessa, tu és só um número, mais nada!

E eu sou só um número, nada mais.....

Não sei é se me vou aguentar à próxima mudança. Mas como costumo dizer, comeram-me a carne, vão ter de me roer os ossos. Até posso vir embora mas vão ter de me mandar....


quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Parabéns filhote....

Passaram 10 anos e parece que foi ontem que te tive nos meus braços pela primeira vez.

Lembro-me da espera para ver a tua cara, para saber como eras.... Não devia ser preciso esperar tanto tempo.

E agora  o tempo passou, questionas-me, respondes-me e és quase um espelho do que fui quando tinha a tua idade! Tenho dias em que acordo e penso o que fazer contigo e outros em que tenho a certeza do caminho que vamos fazer, mas acho que ser mãe é mesmo assim.... Não existe um caminho certo mas vários caminhos!

Lembro-me que achava um bocado ridículo quando ouvia a minha saudosa mãe e dizer que tinha saudades de quando era uma criança, mas acho que também vou ter. São frases que ganham toda uma outra dimensão quando saímos do grupo dos filhos para o grupo dos pais.

Nunca imaginei que deixar de ter o meu nome e passar a ser a mãe do Gustavo podia ser tão maravilhoso.

Posso dizer sem qualquer duvida que o dia mais feliz da minha vida foi o dia em que te tive nos braços AMO-TE como nunca amei ninguém! E sei que desta forma incondicional jamais amarei alguém!

É um amor diferente e incondicional, dava a vida por ti sem fazer qualquer questão!

PARABÉNS GUSTAVO!

GOSTO DE TI ATÉ DEBAIXO DE ÁGUA!


sexta-feira, 31 de maio de 2013

Dores

As dores voltaram, maldita irmã gémea da hérnia que já partiu....

Isto dói a sério e eu já não sei o que lhe fazer....

Como é possível, mesmo sendo mais pequena do que a outra incomoda muito!

Não desejo esta porcaria ao meu pior inimigo, se bem que conheço alguns que mereciam.

Quanto tempo mais vou ter eu de aguentar? 

Tirem-me esta porcaria por favor!