terça-feira, 8 de dezembro de 2009

As Perguntas Verdadeiramente Importantes

As perguntas verdadeiramente importantes são as que uma criança pode formular - e apenas essas. Só as perguntas mais ingénuas são realmente perguntas importantes. São as interrogações para as quais não há resposta. Uma pergunta para a qual não há resposta é um obstáculo para lá do qual não se pode passar. Ou, por outras palavras: são precisamente as perguntas para as quais não há resposta que marcam os limites das possibilidades humanas e traçam as fronteiras da nossa existência.

Milan Kundera, in "A Insustentável Leveza do Ser"

4 comentários:

Paulo disse...

As reacções e as atitudes do ser humano são sempre inesperadas e difíceis de perceber...

Seremos todos assim??

BJS GRANDES

sonia disse...

Somos todos bem pior! Conhecem alguém mais complicado que o ser humano adulto?
Bolas! Quando era pequena era tudo tão mais simples...

Beijo

Just me disse...

Paulo:

Somos todos assim.....

Sónia:

Ser criança era muito mais fácil!!!!!

Beijocas

Paulo disse...

Também me parece...

Bons tempos aqueles... Pena não poder voltar atrás...

BJS GRANDES