sexta-feira, 17 de julho de 2009

Desejo



Desejo
Ecos da Cave


Dia de chuva,
A praia deserta,
A brisa do mar,
Fico quente contigo.
E a água salgada,
Que bebi do teu corpo,
Embriagou-me,Embriagou-me…
Talvez tu estejas
Em qualquer lado,
E a pensar em mim…
Talvez até estejas no teu quarto,
E me desejes aí,
E me desejes aí,
E me desejes aí…

Já não sei quantos anos tem esta musica, mas eu sempre a adorei e ainda hoje dou comigo a cantarolar os seus versos!

Aqui fica, para reavivar a memória de alguns e para a dar a conhecer a outros!

3 comentários:

Paulo disse...

Devo dizer que não conhecia...

A letra dá que pensar e aumenta a vontade de a cada dia que passa querer conhecer-te melhor...

Obrigado por nos dares a conhecer a música...

"O amor não é senão o desejo; e assim, o desejo é o princípio original de que todas as nossas paixões decorrem, como os riachos da sua origem; por isso, sempre que o desejo de um objecto se acende nos nossos corações, pomo-nos a persegui-lo e a procurá-lo e somos levados a mil desordens"...

BJS GRANDES

sonia disse...

Tem 18 anos, minha linda! Também ainda a canto. A minha irmã sofreu um bocado a ouvir-me cantar esta musica, mas de facto ela fica no ouvido com muita facilidade.
Estás preparada para a grande noite de amanhã?

Beijocas

Just me disse...

Para quem não conhecia tenho a certeza que ficará no ouvido, porque quem já a conhecia não a vai esquecer!!

Beijocas!!