terça-feira, 12 de maio de 2009

Dia 12 Maio – Dia Mundial de Luta Contra a Fibromialgia e Síndrome de Fadiga Crónica








Dia 12 de Maio é o Dia Mundial de Luta Contra a Fibromialgia e Síndrome de Fadiga Crónica.

Se não faz ideia o que é viver com Fibromialgia ou Síndrome de Fadiga Crónica, imagine o que é ter dores pelo corpo todo, e sentir-se tão cansada/o e sem energia que tarefas simples como ir às compras se tornam verdadeiramente impossíveis de concretizar. À noite, quando deseja poder descansar um pouco, não consegue dormir, acorda constantemente, tem sonhos vívidos e sente que o sono cansa mais do que se não tivesse dormido. Ao outro dia acorda mais cansada/o do que o que estava, mal se consegue mexer e as dores (que não pararam de noite) continuam presentes e até aumentam. Quando conversa com alguém, de repente esquece-se do que estava a falar ou não se lembra de algo que alguém lhe jura ter acontecido. Tem dificuldade em concentrar-se em tarefas que envolvam a cognição e o intelecto e o seu corpo e mente só lhe gritam que páre. As tarefas que outras pessoas tomam por garantidas passam a ser enormemente difíceis, e não é de admirar que passado algum tempo se comece a sentir deprimida/o.
Parece-lhe assustador? E é mesmo. Mas muitas pessoas têm de lidar com esta realidade diariamente, assim como as suas famílias e amigos. (Texto retirado da internet)

http://fibrosite.no.sapo.pt/

http://pt.wikipedia.org/wiki/Fibromialgia

http://www.myos.pt/

Para todos o que nunca perceberam o que é, aconselho a leitura atenta dos sites anteriormente mencionados, com olhos de ver!

Hoje é o meu dia, e infelizmente, o da minha mais velha amiga, somos ambas portadoras desta doença que não mata mas mói, como se costuma dizer!

A todos os que acham que é fácil levantar-se ao sair da cama, devo dizer-vos que é horrível, colocar o pé no chão provoca tantas dores que chego mesmo a ter dias em que não o consigo fazer.

Andar dói demais, tem dias em que dói mais que outros mas o caminho é para a frente e é preciso lutar.

Dormir….. Não durmo porque tenho dores, tenho dores porque não durmo. – Pescadinha de rabo na boca!

Se pudesse dormir a acordar descansada, poderia considerar-me uma mulher feliz! Hoje não sou, hoje não dormi, hoje tenho dores e hoje não pude pegar no meu filho ao colo, dói demais!

Não julguem ninguém antes de se informarem, nem sempre as pessoas conseguem fazer as tarefas mais simples, já alguma vez se sentiram tão cansados que vos custou mastigar o almoço? Pois eu já fiquei sem almoçar (o que só me faz bem porque estou gorda)!


 

P.S. Hoje também é dia do Enfermeiro! Mas esse (dia) não sei bem porquê, mexe com o meu sistema nervoso!

11 comentários:

Claudia Melo disse...

Eu acho que a Sónia não vai gostar nada desta fotografia. Tem muitos caracois...

Just me disse...

Vai ficar com a imagem arruinada!!! LOL!!!!!

Anónimo disse...

Alguma coisa contra os enfermeiros??????????

Ester disse...

Ao ler as tuas palavras ('Não julguem ninguém antes de se informarem, nem sempre as pessoas conseguem fazer as tarefas mais simples...') lembrei-me de um desejo que tenho desde criança e que gostava que se realizasse: que as pessoas fossem mais tolerantes e que não fossem preconceituosas. - Só isto resolveria tantos problemas! (Continuo a tentar ser dessa forma;o)

Conheço várias pessoas com esta doença e sei que é das 'que não mata mas mói'...
Resta-me dizer que estou solidária convosco e que desejo que os vossos dias sejam sempre menos maus....

Beijinhos

Paulo disse...

Quem te conhece sabe (ou melhor, tem uma pequena ideia) aquilo que passas.

Mas o que é importante salientar não é isso, mas sim a tua FORÇA DE VONTADE... Mesmo estando num dia não dás-nos o que de melhor tens e o que de melhor nos sabes dar. Ou seja, apenas e só um BELO SORRISO... Por vezes isso basta para que muita coisa boa aconteça...

Quem dá tudo o que tem a mais não é obrigado...

FORÇA...

BJS GRANDES

sonia disse...

Enganam-se minhas queridas!!!Agora sou eu que não estico o cabelo por opção. Fico mais "wild", segundo várias pessoas.

Bem, os meus caracóis ou a falta deles não são o tema principal deste post, mas sim a Fibromialgia.
Para quem não tem e não entende, tenho a dizer que hoje apetece-me matar alguém de tantas dores que tenho. Não dormi (para variar)porque tinha dores, e esta manhã quando me pus de pé, voltei a sentar-me...
Para quem não tem, não entende porque é impossivel entender...porque só nós conseguimos viver com tanta dor e ninguém entende o desespero.


Beijo grande minha grande amiga e companheira de doença. Ainda avemos de azer corridas de cadeira de rodas!

Just me disse...

Anónimo:
Nada contra enfermeiros, já contra as enfermeiras a raiva também é direccionada e penso que mútua.
Ou seja,nada contra enfermeiras que tenham sido mamãs à pouco tempo!

Ester, Paulo e Sónia:
Ainda bem que percebem a doença, a Sónia já percebia antes de tomar conhecimento que era portadora!
Eu continuo a achar que nem todas as pessoas conhecem e percebem, e cá para nós algumas também não querem perceber!

Beijocas!

Just me disse...

Anónimo:
Nada contra enfermeiros, já contra as enfermeiras a raiva também é direccionada e penso que mútua.
Ou seja,nada contra enfermeiras que tenham sido mamãs à pouco tempo!

Ester, Paulo e Sónia:
Ainda bem que percebem a doença, a Sónia já percebia antes de tomar conhecimento que era portadora!
Eu continuo a achar que nem todas as pessoas conhecem e percebem, e cá para nós algumas também não querem perceber!

Beijocas!

Paulo disse...

Os que não querem perceber são carta for do baralho...

O importante é que os que te conhecem e são teus AMIGOS se peocupam contigo e com o teu bem-estar e tentam ajudar-te no que podem para assim tentares passar ao lado disso (imagino o que vais pensar quando leres isto, mas neste momento é o pouco que te consigo dizer...)

Eu vou estar por aqui (sempre)...

BJS GRANDES

Just me disse...

Obrigado por tudo!

Beijo

Paulo disse...

Digo o mesmo :)

BJS GRANDES