segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Esperança




Tantas formas revestes, e nenhuma
Me satisfaz!
Vens às vezes no amor, e quase te acredito.
Mas todo o amor é um grito
Desesperado
Que apenas ouve o eco...
Peco
Por absurdo humano:
Quero não sei que cálice profano
Cheio de um vinho herético e sagrado.

Miguel Torga, in 'Penas do Purgatório'

8 comentários:

Menino do mar disse...

Li e reli, de alto abaixo e, decididamente, gosto do teu espaço, gosto MESMO!

Beijo

Just me disse...

Menino do mar:

Estou que nem posso, ora agora apetecia-me uma frize, quase sem calorias!!

Bem não era nada disto!

Muito obrigado pelo elogio, bem vindo ao meu mundo! Volta sempre! Não tenho tanto jeito para escrever como tu mas uso o que outros escrevem para me descrever!

Beijoca!

Menino do mar disse...

O meu anúncio preferido da frize é aquele em que ele diz, do amigo, ah e tal bebe uma frize... mas isso resulta? Não, mas ao menos matas a sede! ahahahahaha

demais!!

Saber usar as palavras dos outros é quase tão admirável como escrever... quanto ao eu escrever bem... não exageremos...

Beijo!

sonia disse...

Muito lindo, Boneca!
Vês? Tens um fã novo! O teu blogue é o máximo!

Beijoca

Just me disse...

Menino do mar:
Experimenta colocar no Youtube anuncio proibido da frize, esse sim é delicioso, esse agora aquele da Julieta! Vai à volta! Gorda! Se bebesses frize quase sem calorias....
Eu gosto do que tu escreves!

Sónia:
Não sei se será bem um fã, mas eu também sou fã dele, ele tem um blogue que se chama Uma casa na praia e é delicioso!

Beijocas

Paulo disse...

"Busque Amor novas artes, novo engenho
Para matar-me, e novas esquivanças;
Que não pode tirar-me as esperanças,
Que mal me tirará o que eu não tenho.

Olhai de que esperanças me mantenho!
Vede que perigosas seguranças!
Pois não temo contrastes nem mudanças,
Andando em bravo mar, perdido o lenho.

Mas conquanto não pode haver desgosto
Onde esperança falta, lá me esconde
Amor um mal, que mata e não se vê.

Que dias há que na alma me tem posto
Um não sei quê, que nasce não sei onde;
Vem não sei como; e dói não sei porquê."



Não sei o que acrescentar mais...

Já sei, este blog é e Pura da Loucura (hehe)...

BJS GRANDES

Just me disse...

Paulo:

A pura da loucura, isto porque só é lido por pessoas com a sua dose de loucura! certo?

Beijocas

Paulo disse...

Mas a autora do blog é a mais doida de todos (hehe)... Doida, mas com estilo...

BJS GRANDES