quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Amores que matam…

Estas histórias de mulheres que morrem às mãos de pessoas que supostamente as amam, anda a deixar-me doente!

Metam-se com pessoas do vosso tamanho, seus anormais, amar alguém não é essa coisa parva que vocês sentem, a isso chama-se sentimento de posse e que eu saiba, ninguém é de ninguém!

Comecei a trabalhar, ou melhor a fazer formação num call center, no dia em que lá entrei estava um ambiente de cortar à faca. Uma das raparigas daquele call center, tinha sido esfaqueada pelo namorado à porta de casa.

Que raio de amor é este que só provoca dor e sofrimento? Meus caros amigos eu até posso estar enganada mas estas coisas que andam por aí a acontecer não se encaixam nada na minha definição de amor!

A mulher da vossa vida não vos liga nenhuma? Paciência, procurem outra, o mesmo se aplica às mulheres, agora nada dá o direito a ninguém de tirar a vida a outra pessoa! Cambada de idiotas!

Só espero que nenhuma destas tragédias me afecte directamente nunca, porque a pessoa que vai presa sou eu, porque a pessoa que for capaz de fazer uma maldade destas aos meus, morre de certeza!

E não me venham com a conversa da treta que a malta está deprimida que as depressões na minha opinião não servem de desculpa para nenhuma das situações às quais temos assistido. Estão doentes, tratem-se. Eu também já me senti deprimida e não me deu para ter nenhum sentimento destes por ninguém.

A depressão é sempre desculpa para as coisas más, façam coisas boas e que transmitam bons pensamentos e ajudem-se a sair do poço, não é fácil e eu não estou a dizer que é! Ocupem a vossa vida e ajudem os outros, mas não andem por aí a destruir a vida de toda a gente!

IDIOTAS! Vão mas é trabalhar e ocupem a cabeça e o corpo! PALERMAS!


 

P.S. Desculpem o desabafo!

3 comentários:

Paulo disse...

Assino por baixo!!!

MISERÁVEIS e COBARDES é o que são!!!

BJS GRANDES

sonia disse...

Se andassem cansados de cavar terra nem tinham tempo para pensar nisso, quanto mais fazê-las!

Estou contigo!

Mas verdade, verdadinha, dá vontade de fazer o mesmo...a quem já cometeu estas barbaridades, claro!

Miss u

Just me disse...

Eu nem vos digo o que lhes faria....

E começo a ficar assustada, Sónia tu usas-te a expressão do meu pai, o pior é que faz todo o sentido, estamos cotas!!!! MEDO, MUITO MEDO!!!!!

Mas é isso, se andassem cansados de cavar terra não faziam tantos disparates!

Beijocas