sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Triste


Sinto-me triste, sózinha, arrasada. Hoje acordei assim, sem vontade de sair da cama, só com vontade de chorar e ficar em casa a ter pena de mim! Estranhamente este fim de semana até vai ser passado com o meu tesouro e na generalidade dos casos estes sentimentos invadem-me à sexta feira na hora de fazer a mala!

Como é óbvio, obriguei-me a sair de casa e a colocar um sorriso no rosto, mas não está fácil.

O Natal está a chegar, já vos disse que desde que a minha mãe partiu o Natal é a época mais horrivel do ano? E depois de me ter separado ainda pior, porque existe uma véspera de Natal onde o meu mais que tudo não está para piorar a situação toda!

Se existem dias em que me apetece chorar sem parar, hoje é esse o dia!

As coisas que eu não percebo hoje parece que resolveram atormentar-me todas, que dia....

Desculpem o desabafo, mas estar sózinha nem sempre é fácil e eu odeio sentir-me sózinha, mesmo que seja uma daquelas pessoas que na generalidade dos casos está sózinha no meio da multidão. Mas a multidão, não abraça, não te beija e pior de tudo, não te diz que vai ficar tudo bem!

6 comentários:

Marisa disse...

Hummm..temos de tratar disso!!!

Espera um bocadinho! As amigas podem não estar sempre presentes físicamente mas estão mesmo k seja só com o pensamento!!!

Bjinhos e mtos Xi coração...

Claudia Melo disse...

Amiga, se quiseres eu dou-te uma boleia para o Sobral Cid ... sempre fazemos companhia uma á outra e eu ainda aprendia a fazer ponto cruz em condições.

Tita disse...

Compreendo-te tanto tanto...
Ainda há 1h atrás fazer a mala e vê-lo a desaparecer no carro para longe de mim é tãooooo duro...
Dormir sozinha, não ter força nem para me levantar para ir fazer o jantar, é horrivel e NUNCA me vou conseguir habituar......

Bjos e força

Just me disse...

Marisa:

Obrigado pelos mimos.

Claudia:

Andas para aí a gabar os meus dotes e depois nao me largam!

Tita:

Nunca me vou habituar, nao fazia parte dos meus planos de vida. Depois acabo por lidar bem com a sua ausência mas a história da mala deixa-me doente.
Força Tita, as coisas não são como queremos e se fossem será que seriam melhores? Antes assim do que ser um casal de fachada!

Beijocas

sonia disse...

Mas eu abraço e beijo e digo que tudo vai ficar bem!
Queres ficar bem-disposta? Sexta-feira vamos ver o Paulinho a dar à anca?

Beijoca

Paulo disse...

Acho que este comentário vem um pouco, ou melhor, bastante atrasado...

O que te posso dizer é que espero que amanhã essa tristeza tenha passado e dado vez a um sorriso contagiante e com vontade de disfrutar a vida o melhor possível junto dos mais gostas e que te fazem felizes...

Não baixes os braços, por favor...

BJS GRANDES