sábado, 10 de outubro de 2009



Tu eras também uma pequena folha
que tremia no meu peito.
O vento da vida pôs-te ali.
A princípio não te vi: não soube
que ias comigo,
até que as tuas raízes
atravessaram o meu peito,
se uniram aos fios do meu sangue,
falaram pela minha boca,
floresceram comigo.

By Pablo Neruda

6 comentários:

Flutua Comigo disse...

Nada melhor que umas belas palavras ditas logo pela manha, ou lidas neste caso:)

Beijoca e bom Sabado!



Flutuas Comigo?

Sissy disse...

vai ao meu blog, prenda pa ti. beijo*

Paulo disse...

"Tu eras também uma pequena folha... O vento da vida pôs-te ali..."

Abençoada hora em que isso aconteceu...

Só tenho pena de não ter sido à mais tempos, mas mesmo assim tem valido a pena...

OBRIGADO...

BJS GRANDES

sonia disse...

É mesmo mcomo tu andas, não é? Ou o que sentes!!!
ADORO-TE!

Beijo

Just me disse...

Flutua Comigo:

Foi um grande Sábado, inesquecível!

Sissy:

Obrigada, vou ver se trato disso!!!

Paulo:

Nunca é tarde!

Sónia:

E como é que eu ando???? Não estou a entender!!

Beijocas

Paulo disse...

Para Amar e Ser Feliz, de certeza que não...

BJS GRANDES