sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Idades, fases da vida ou sei lá o quê que o título não me sai


Quando somos miúdas escolhemos um menino para namorar, geralmente era louro e tinha olhos claros, ou então é o nosso vizinho, ou o melhor amigo do irmão. Eu não tinha irmãos, o meu vizinho era chato, por isso era um louro de olhos azuis, ou verdes, uma coisa assim.

Mais tarde achamos que os miúdos são todos uns estúpidos que só querem jogar à bola, e não têm sentimentos, para além de conseguirem andar com bicharocos nos bolsos que a nós nos metem nojo.

Depois vem a fase mais parva, a da adolescência, é um desabrochar das hormonas e é uma idade estúpida por natureza, não somos adultos mas também não somos crianças, enfim é difícil. E nesta altura parte de nós morre com o coração partido por um grande amor, que julgamos que vai ser o único, o tal, mas geralmente não é! Mas é vivido como se fosse!

Entretanto passamos a outra fase, começamos a sair esporadicamente, no meu caso, e a conhecer pessoas novas. Conhecer, como se algum dia possamos dizer que conhecemos alguém…… E aí, o moço já não precisa de ser tão bonito mas tem de ter estilo, não queremos um pindérico qualquer a aparecer no liceu para nos ir buscar! E aí começam os problemas, uns dizem bromellho e rabuçado e era uma vergonha, outros usam meias brancas e por aí fora! Estas são algumas das que me lembro!

Depois começamos a olhar, como eu um dia olhei, eu queria ser mãe, por isso olhava para eles e imaginava-me com filhos e na generalidade dos casos achava que todos os homens eram imaturos demais para essa tarefa. E tanto escolhi que não acertei!

Vitória, vitória acabou-se a história! E sem final feliz!

Isto não faz grande sentido, mas pode ser que um dia eu consiga perceber, a minha vida e o que escrevi aqui!

E vocês quais foram as vossas fases? Em que fase estão? Hoje estou curiosa!

10 comentários:

N@noTeC no seu melhor, ou não... disse...

Just You, se todo mal da vida fosse as cabeçadas dos namoricos que tivemos quando mais jovens, ou as cabeçadas de relacionamento mais sérios...
O que é verdade, é q estamos vivos, par perfeito não existe, e a vida são 2 dias, por isso, há q superar estes obstáculos como ous outros, e tentar acertar o passo da melhor maneira possível, e com quem (pelo menos a 1ª vista) nos parece razoável. :D

Jokas

Van disse...

"O pedaço está guardado, para quem o há-de comer"... por isso não tenho dúvidas que o teu final feliz vai chegar :)))

Beijokas, gaja maluca :D

sonia disse...

Demais!!! Uns são maus, os outros terriveis...Meu Deus, como nós eramos esquisitas! Pobre Moche que nunca me perdoou por ter acabado com ele a fazer uma comparação com o naco do Liceu! Parvoíces proprias da idade!

Agora escolher o pai dos nossos filhos...bem isso é muito dificil! Como nunca podemos contar com eles para os ajudar a criar...escolhemos um giro para não corrermos o giro do Puto sair feio como o pai!

Beijoca

sakura disse...

Em que fase é que estou...
In love. E a querer assentar :) que isto da idade também faz pensar e eu já tenho 29!
Lá se foi o tempo em que éramos crianças e dizíamos que queríamos casar aos 19...que nos pareciam anos tão longínquos! lol
Bjinhos***

Mariana Silvino' disse...

Eu tou na fase da adoloscencia, tenho um namorado, e parece que tudo vai ser perfeito para sempre*

Claro que nao é, mas a vida é assim.


gostei :)

Maria da Conceição disse...

O tempo passou e já nem sei muito bem ou não quero saber.
Tive amores e desamores, ri, chorei, sonhei etc, etc...., como qualquer miúda.
Um dia quando menos estava a pensar encontrei ou fui encontrada , não sei bem e cá estamos há 42 anos de casamento, mais 2 de namoro ( meu Deus, mais que muitas vidas )
Acredita quem nem sempre tem sido fácil, mas tem valido a pena.
Quando encontrei o meu Julito pela 1ª vez nem para ele olhei, ( até estava com outro ), as voltas que o mundo dá.
Mais uma razão, aqui para a velhota te voltar a dizer Calma.........
Que chata que estou.
Beijoquinhas
Avó Sãozinha

Paulo disse...

Da minha parte, descrever as fases anteriores não será boa "ideia" pois não foram nada de especiais...

Actualmente também não há muito para contar... Não é a primeira vez que sinto algo especial por alguém mas ao fim de algum tempo chego à conclusão de que não há a devida correspondência. Falha minha?? Talvez...
Por isso, e para já, fico com as boas amizades que fui fazendo e com as amigas especiais que me orgulho de ter e de as considerar como tal (é caso para dizer, poucas mas boas)...


Andreia, quanto a Ti apenas te digo que não deves viver do que aconteceu (ou não aconteceu) no passado. Julgo que deves agarrar as coisas boas que o presente te vai dando para assim o futuro ser ainda melhor. E é óbvio que vais ser Muito Feliz!!!

BJS GRANDES

José Dionel disse...

Ola Just ;)
Já não passava aqui pelo teu cantinho á algum tempo, tens um visual muito fofyyy ;)


Bjoca ;)

Just me disse...

N@notec:

A vida são dois dias e um já passou....

Van:

Essa frase faz-me lembrar um amigo do qual tenho saudades, será que és tu????

Sónia:

Vai ser giro como a mãe!!!!

SAkura:

O amor é lindo!!!!
Espero que corra tudo como desejas e já agora boas férias!!!!

Mariana Silvino:

Que seja perfeito pelo menos enquanto dura, assim se um dia acabr será uma boa recordação!!!

Avó Sãozinha:

Estou à espera do convite para os 50 anos de casamento, já que não me convidou para o casamento....

Paulo:

Como disse alguem por aqui e um velho amigo: Guardado está o bocado para quem o há-de comer!!!

José Dionel:

Já tinha saudades tuas!

Beijocas gigantes para todos!!!!!

Paulo disse...

Há-de estar e melhor há-de ficar quando o encontrar...

Será para breve??

BJS GRANDES