domingo, 6 de setembro de 2009

Melissa Cadore




Depois de um post anterior que diz, TV WC, às tantas não devia escrever este.....

Mas reza assim:

Eu sempre adorei ver novelas, brasileiras de preferência. Já expliquei neste blog que gosto de as ver porque os bons acabam felizes para sempre e os maus morrem e/ou casam com enfermeiras!

Agora ando encantada com o Caminho das Índias, é mais um trabalho fantástico!

Mas de repente, a personagem que menos me dizia em toda aquela trama amorosa, ensinou-me uma série de coisas!

Passei a achar muito engraçada a Melissa Cadore, ele vive alienada do mundo que a rodeia, cria o seu próprio mundo, só ouve aquilo que quer, só faz o que quer, tem uma colecção de carteiras e afins.... Mas nem é essa a parte que eu achei mais piada...

Hoje e depois de tudo o que descrevi, depois da raiva e da angustia, vi o Caminho das Índias, fiquei de alma lavada!

Ela faz tudo pelo marido e pelo casamento e lá descobriu que ele tinha uma amante, e
deu-lhe uma sova daquelas, sempre em cima do seu salto alto, aliás ainda utilizou o sapato para lhe dar! Amei!

O que eu aprendi:

- Nunca se grita com o marido, parte-se directamente para o problema, afugenta-se a ameaça! (Se eu soubesse disto antes..... Ia presa mas tinha ficado satisfeita, mas com uns sapatos estragados, e às tantas sem valer a pena!)

- E precisamos sempre relembrar que a ameaça não é uma vaca! Vaca é um animal sagrado! (Esta eu já sabia à muito tempo mas apeteceu-me)

Aprendi mais umas coisitas mas também não vos posso contar tudo, caso contrário ficam a saber mais do que eu!!!!! LOL!!!

É táo dificil ser eu!!!!!

" Eu sei ser fina, mas também sei ser chave de cadeia." - Esta frase ficou a matar no fim da tareia que a outra levou..... De qualquer forma eu acho que ela devia ter dado também no marido: Quando um não quer, dois não brincam!!!

4 comentários:

Paulo disse...

Nisso tens razão, não há nada como enfrentar os problemas de frente e sair deles de cabeça erguida...

Eu apenas te digo (e espero que bem) que por muito mal que te queiram fazer não vires a cara à luta e não desistas, pois está mais que provado que saírás sempre vencedora...

Por aquilo que tens e por aquilo que és, és mais forte e mais importante do que essas "pessoas" e a recompensa será sempre boa...

Ás vezes o importante não é vencer por vencer, mas sim, com os meios que temos ao nosso alcance vencer com estilo...

BJS GRANDES

Marisa disse...

Tudo está bem qdo pelo menos volta á normalidade...

Epá..até te estou a ver a bater numa VACA(maiúsculas :) ) que não é animal pk essas são fofas e comem ervas, com umas Paulo Brandão!!! Isso é que era...

sonia disse...

Eu não vi...isto de ter casórios!!! Pelo menos fartei-me de sambar! No domingo nem me mexia!

Vês como é simples? Sabes porque não bateu no marido? Porque é esperta! Eliminou a concorrência, queimou umas calorias e o casamento continua como sempre...e o marido feliz!

A minha avó é que tem razão! Aprende-se muito com as telenovelas!

Beijoca

Claudia Melo disse...

eu costumo dizer que sou uma senhora e não desço do salto alto. Mas põr o avental e fazer uma cena dessas deve fazer muito bem á saúde mental.